Tipos de inteligência emocional e conselhos para o seu desenvolvimento

Tipos de inteligência emocional e conselhos para o seu desenvolvimento

Grupo PSN
Grupo PSN

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O escritor, jornalista e psicólogo norte-americano Daniel Goleman popularizou, em 1995, o conceito de “Inteligência Emocional”. No seu livro, intitulado da mesma forma, o autor explica como as emoções são projetadas para guiar-nos em busca da felicidade. Da mesma forma, na sua obra explica que a inteligência emocional pode ser desenvolvida, dominando e controlando as emoções.

Foi tal a popularidade em redor desta sua descoberta e conceito que, inclusive em outubro de 1995, a revista Time lhe dedicou uma capa. “Não é o seu quociente de inteligência. Não é se quer um número. No entanto, a inteligência emocional pode ser o melhor preditor de sucesso da sua vida, redefinindo o que significa ser inteligente “.

 

Inteligência pessoal e interpessoal

A definição mais clássica de inteligência emocional refere-se à capacidade que temos de gerir e entender as nossas emoções. O que procuramos, no fundo, é a melhoria da qualidade do nosso estado mental. Dependendo de para quem essas emoções são direcionadas, podemos falar sobre inteligência pessoal e interpessoal.

Se falamos sobre o relacionamento que temos com nós próprios, falamos sobre inteligência pessoal. Isso inclui conhecer-nos, saber quais são os nossos pontos fortes e pontos fracos e aprender a detetar estados de ânimo, emoções e impulsos. Uma vez que se tenha essa consciência, poderemos passar para uma segunda fase, a de autorregulação, na qual aprendemos a controlar essas emoções e impulsos.

A inteligência pessoal também engloba uma competência chamada “auto-motivação”. Isto, segundo o livro de Daniel Goleman, é a capacidade de busca contínua, relacionada com a curiosidade e o desejo de autoconhecimento. Inclui também a conquista de objetivos, priorizando a procura de soluções para os problemas.

Por outro lado, a inteligência interpessoal determina o modo como nos relacionamos com os outros. Este tipo de inteligência engloba, portanto, as “relações sociais” que referimos anteriormente e, o controlo das nossas emoções, também nos ajudará socialmente, fazendo com que nos afastemos de relações tóxicas privilegiando as relações positivas.

Com a inteligência interpessoal, desenvolveremos habilidades não só na nossa esfera pessoal mas também no nosso ambiente profissional. Falamos assim de empatia, como a capacidade de compreender as necessidades, sentimentos e problemas dos outros, respondendo, de uma forma ou de outra, em função da situação. Também falamos sobre outras competências sociais que procuram persuadir e influenciar outras pessoas, devido ao relacionamento que temos com as mesmas.

 

É possível desenvolver inteligência emocional?

Depois de saber o que é inteligência emocional, as suas variantes e o que englobam e, de uma forma geral, os benefícios que pode trazer às nossas vidas, está na altura de colocá-la em prática. Através de uma série de atividades e dicas, pode desenvolver a sua inteligência emocional e melhorá-la todos os dias.

  1. Não se trata de eliminar certas emoções como a raiva ou a tristeza, mas sim aprender a detetá-las e a saber como estes sentimentos o influenciam;
  2. Aprenda a detetar o “dominó” de emoções que podem surgir. Por exemplo, quando se sente traído, certamente a par desse sentimento vêm outros como a raiva e a tristeza;
  3. Analise não só a sua linguagem verbal, mas também a sua linguagem corporal;
  4. Controle o seu comportamento perante certas emoções. É normal que depois de certos sentimentos, sejamos perseguidos por pensamentos que os reforçam. Como referimos no primeiro ponto, não se trata de eliminar sentimentos, mas de estar consciente e aprender a agir perante eles;
  5. Escreva tudo numa espécie de diário emocional. Escreva as suas emoções à medida que sinta que precisa de ajuda, não apenas para se tornar consciente, mas também para reduzir essa intensidade emocional.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Deixar uma resposta

Gostaríamos de conhecer a sua opinião, mas alertamos que os comentários são moderados e não aparecem imediatamente na página, quando são enviados.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

*

X

Uso de Cookies

Este site utiliza cookies para facilitar e melhorar a sua navegação. Pode configurar o navegador para recusar os cookies. Se continuar a navegar consideramos que consente a sua utilização. Se pretende saber mais sobre os cookies utilizados. Pode consultar a nossa Política de Cookies.