Quanto gastamos a fazer compras; conselhos para poupar

Quanto gastamos a fazer compras; conselhos para poupar

Grupo PSN
Grupo PSN

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Na hora de planear estratégias de poupança, existe uma tendência para se concentrar em evitar pequenas despesas, extravagâncias e reduzir em determinados tipos de consumo. No entanto, por muito estranho que pareça, poupar enquanto faz compras também é possível. Fazer as compras básicas e necessárias para o nosso dia a dia é uma despesa inevitável e essencial que, ainda assim, conseguimos otimizar para manter o dinheiro no nosso bolso. E, fazer pequenas poupanças nas nossas compras mensais, pode ter um grande impacto na nossa economia, passado um ano. Quanto gastamos a fazer compras?

O dinheiro gasto pelas pessoas em mercados e supermercados varia consoante o número de membros que compõem o agregado familiar, se vivem sozinhos ou em família, a renda mensal, a cidade e o país onde vivem… Ainda assim, o gasto médio em compras por cada lar português ascendeu, em 2018, a uma média de 512€ por mês. A regra 50/20/30 da poupança, da qual já falámos no nosso blog, inclui estas despesas em 50% do orçamento mensal das pessoas. No entanto, uma elevada quantidade das nossas despesas em supermercados pode levar-nos a exceder esses 50%, por isso é importante conhecer algumas técnicas para reduzir despesas e poupar. 

Fazer compras mensal ou semanalmente?

Embora as associações de consumidores recomendem fazer compras semanalmente, a decisão de fazer compras semanal ou mensalmente também vai depender do consumidor e do tipo de família. Uma vez que ambas têm as suas vantagens e desvantagens, pode verificar qual o método que funcionará melhor para si.

  • Fazer compras a título mensal permite-nos aproveitar as principais ofertas e descontos dos supermercados, uma vez que temos margem suficiente para adquirir mais alimentos. A principal desvantagem de ir às compras uma vez por mês, é comprar mais alimentos e bens do que aqueles que realmente precisamos e, como consequência, a possibilidade de deitar fora alimentos, devido ao término da sua data de validade.
  • Se optarmos por ir ao supermercado semana a semana, podemos obter produtos frescos a um preço melhor, se forem sazonais e, portanto, podemos poupar, além de que podemos dividir o nosso orçamento por todas as semanas do mês.

Conselhos adicionais

Como referimos, é recomendável dividir os gastos da alimentação básica e das despesas de supermercado por semana. De forma a ajustar estes orçamentos, podemos optar por planear menus diários para a semana e, assim, adaptar os limites semanais e, até mesmo, poupar.

Pode já ter ouvido dizer que os alimentos saudáveis tendem a ser mais caros do que os alimentos processados e, de facto, em alguns casos é verdade. No entanto, se fizermos uma pesquisa por alimentos saudáveis e frescos, como frutas e legumes, por exemplo, através de algumas aplicações, tal vai não só melhorar a nossa saúde, como também vai afetar a nossa carteira, uma vez que podemos preparar refeições saudáveis para vários dias, sem gastar em excesso.

Por último, existem outros conselhos adicionais e imprescindíveis para fazer compras e gastar menos dinheiro, como por exemplo, ir ao supermercado com uma lista de compras já feita para adquirir apenas o que precisamos e comprar alimentos e produtos de marca branca, nos quais podemos encontrar um grande equilíbrio entre qualidade preço.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Deixar uma resposta

Gostaríamos de conhecer a sua opinião, mas alertamos que os comentários são moderados e não aparecem imediatamente na página, quando são enviados.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

*

X

Uso de Cookies

Este site utiliza cookies para facilitar e melhorar a sua navegação. Pode configurar o navegador para recusar os cookies. Se continuar a navegar consideramos que consente a sua utilização. Se pretende saber mais sobre os cookies utilizados. Pode consultar a nossa Política de Cookies.