Finanças digitais: utilizar o smartphone para gerir as nossas economias

finanzas-personales-smartphone

Finanças digitais: utilizar o smartphone para gerir as nossas economias

Grupo PSN
Grupo PSN

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A tecnologia mudou a forma como comunicamos, consumimos produtos, aprendemos ou até como nos entretemos. Porque não mudamos também a forma como gerimos o nosso dinheiro? Estar a par das faturas a pagar, consultar o salário, realizar transferências, etc., são algumas das tarefas que nos foram permitidas com a digitalização das finanças e do setor bancário.

Segundo dados do Observatorio de la Digitalización Financiera, um think tank dedicado à investigação económica e social, 92% dos clientes espanhóis de banca são utilizadores habituais de internet e 85,3% tem um dispositivo smartphone. Quanto ao público que utiliza estas tecnologias para gerir as suas economias, o perfil é definido como uma mulher trabalhadora, com menos de 39 anos, com filhos e cujo lar conta com rendimentos entre os 3.000 e os 5.000 euros.

Vantagens do uso da tecnologia para gerir as finanças pessoais

O mesmo estudo revela uma preocupação generalizada pela segurança: apenas 54.8% considera segura ou muito segura a banca online e 44,2% opina o mesmo da banca móvel.

Estas são algumas das vantagens de usar a tecnologia para a gestão do seu dinheiro:

  • Maior acessibilidade: é apenas necessário um dispositivo e ligação à internet, eliminando a limitação horária e a localização das sucursais bancárias.
  • Poupança de tempo: o facto de não termos que se deslocar às sucursais e podermos fazer a consulta das contas bancárias em qualquer lugar, poupa-nos o tempo das deslocações e da espera.
  • Alertas: evita surpresas e esta sempre a par de todas as contas e faturas, ao conectar o telefone móvel e receber os alertas e notificações do banco.
  • Serviços financeiros à distância de um clique: não apenas temos o controlo dos rendimentos e gastos (ou seja, o pagamento dos cartões e a situação da conta bancária), como também podemos distribuir o orçamento ou gerir as contas.

Recomendações

A segurança é um fator chave que provoca receio por parte dos utilizadores (ainda que cada vez menos). Devemos ser cuidadosos com os nossos dados pessoais e com quem os partilhamos. Alguns conselhos são:

  • Não aceder à banca online através de ligações e equipamento públicos.
  • Assegurar-nos que a página web sempre começa com o código “https”.
  • Ter cuidado com as passwords pessoais de acesso e não utilizar a mesma password.
  • Desconfiar de correios eletrónicos, chamadas ou mensagens ao telemóvel que solicitem a introdução de dados bancários numa ligação web.

Aplicações de finanças pessoais

Existem centenas de aplicações para poupar. Aqui apenas apresentamos as que que nos ajudarão a gerir a nossas economias pessoais. Em função de cada uma delas, podemos ter as nossas contas à mão, visualizando o montante depositado, os gastos, as faturas pendentes, os investimentos realizados, etc.

  • Fintonic: Sincroniza os dados das contas bancárias e cartões, avisando de cada movimento, para além de elaborar gráficos e estatísticas que ajudam a planear a poupança. É gratuita e está disponível em Android e iOs.
  • Spendee: com uma interface muito visual e intuitiva, também elabora estatísticas e gráficos sobre rendimentos e gastos. Além disso, é muito útil para viajantes, já que converte automaticamente os gastos à moeda que se utiliza habitualmente. Dispõe de modelos de pagamento para aceder a distintos serviços e está disponível em Android e iOs.
  • Toshl Finanças: cria orçamentos do dinheiro para períodos concretos de tempo. Adicionalmente, a poupança acumulada pode ser passada para o orçamento seguinte. Também permite exportar os dados para diferentes documentos Excel, Word, Docs, PDF, etc.
  • MoneyWiz 2: trata-se de um software financeiro com múltiplas possibilidades, o que a torna um pouco mais completo, mas muito útil para utilizadores que tenham conhecimentos de finanças e que queiram gerir as suas próprias economias. Elabora visualizações de todas as nossas economias: património, orçamentos, receitas, etc. É pago e está disponível em Android e iOs.
  • E*Trade: para ir mais além das economias e centrar-se no papel do investidor. Esta app oferece informação das salas de mercados e elabora relatórios dos nossos investimentos. Está disponível em Android e iOs.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Deixar uma resposta

Gostaríamos de conhecer a sua opinião, mas alertamos que os comentários são moderados e não aparecem imediatamente na página, quando são enviados.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

*

X

Uso de Cookies

Este site utiliza cookies para facilitar e melhorar a sua navegação. Pode configurar o navegador para recusar os cookies. Se continuar a navegar consideramos que consente a sua utilização. Se pretende saber mais sobre os cookies utilizados. Pode consultar a nossa Política de Cookies.