Como evitar pequenos gastos

mujer ahorrando los gastos hormiga

Como evitar pequenos gastos

Grupo PSN
Grupo PSN

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Temos a certeza de que, no fim do mês, quando chega o momento de calcular quanto poupou e, por outro lado, quanto gastou, sabe identificar perfeitamente certas quantias de dinheiro que saíram da sua conta corrente. O pagamento da renda ou da hipoteca, a prestação do carro, as faturas do gás ou da luz ou a soma total das compras do supermercado são gastos reconhecíveis. Mas sabe quanto gasta em cafés ou lanches num mês? Estas pequenas despesas são as responsáveis por não sabermos exatamente o que fazemos com o nosso dinheiro.

Vamos dar um exemplo para conseguir visualizar. Seguindo os nossos conselhos de planeamento financeiro, dedica uma pequena parte do seu tempo a avaliar mensalmente o saldo das suas finanças pessoais, ou seja quanto recebe e quanto gasta por mês. Pelos extratos bancários identifica que em determinado dia retira dinheiro da sua conta, por exemplo 50 euros. Mas o que fez com esses 50 euros? Talvez não se recorde de que nesse dia tomou o pequeno-almoço a caminho do trabalho (2.50€), almoçou num restaurante (9€), a meio da tarde comprou uma barra de cereais e um sumo (2€), e como ficou até tarde no trabalho, teve que pedir um táxi para ir para casa (13€). Pode ser um exemplo de dia um pouco excessivo, mas dos 50 euros iniciais já gastou mais de metade.

Identificar as pequenas despesas

As despesas que utilizámos no exemplo anterior são as ditas pequenas despesas que apesar de serem quantias reduzidas, juntas têm poder suficiente para desequilibrar todo o seu orçamento.

O problema é que, em muitas ocasiões, são difíceis de detetar. Especialmente porque o método de pagamento que usamos para estas despesas é em dinheiro físico. Como vimos, levantamos dinheiro da caixa Multibanco que utilizamos em despesas pequenas, sem manter um controlo sobre as vezes que tomamos o pequeno-almoço ou almoçamos fora de casa ou quanto gastamos em táxis. Portanto, o primeiro conselho é identificar a quantia de dinheiro empatada nestas pequenas despesas, a título mensal. Não precisa de um bloco e uma caneta para todos estes momentos, já que o seu grande aliado estará sempre no seu bolso. Pode anotar cada compra pequena no seu smartphone.

Conselhos e alternativas para reduzir as pequenas despesas

Fazendo uma categorização das pequenas despesas, podemos identificar em que é que estamos dispostos a cortar, quais são as verdadeiras necessidades e quais são os caprichos passageiros.

Plataformas de streaming: Vivemos com um excesso de plataformas que nos oferecem serviços distintos: cinema, televisão, música, leitura… E até podemos estar registados em várias plataformas do mesmo serviço, já que os seus produtos são diferentes. Mas a reflexão tem de ser feita por cada um de nós: usa efetivamente os serviços? Se está a pagar uma plataforma, a qual não usa há um mês, é porque não é essencial. No entanto, se é um serviço que lhe permite desconectar-se ou se é o seu passatempo, é essencial. Então, podemos considerar que esta não é uma pequena despesa, embora seja recomendável que esteja atento às promoções ou pacotes familiares que tendem a ser mais benéficos para os utilizadores destas plataformas.

Transporte: Se faz todas as suas viagens com o seu carro particular, num mês vai gastar uma quantia considerável em combustível. Além disso, há que acrescentar a manutenção do veículo, seguro do carro, se for o caso, portagens, etc. Em alguns casos, por falta de opções, pode não ter alternativa. Noutros, pode evitar usar o seu carro diariamente e optar pelo transporte público. Não só estará a economizar, como também está a proteger o meio ambiente. Além disso, graças à tecnologia, temos várias alternativas de transporte para nos ajudar a andar pela cidade e dividir despesas, como por exemplo partilhar “boleias” de carro ou alugar uma bicicleta.

Comer fora de casa. Segundo um estudo da Marktest, 52% dos residentes em Portugal continental com mais de 15 anos admite ter feito refeições fora de casa, durante a semana, no último mês. Não deve limitar as saídas com amigos ou familiares, mas deve estar ciente de cada despesa. Por exemplo, reserve uma parte do seu dia ou semana para preparar refeições caseiras para levar para o trabalho. Não só gasta menos dinheiro, como também ingere refeições mais saudáveis. Do dinheiro que poupa ao não ir a restaurantes numa base diária, pode reservar uma parte para ir ter com os amigos depois do trabalho e outra para as poupanças.

Inverter as pequenas despesas

Se já conseguiu identificar quanto gasta de forma supérflua por mês, é hora de refletir sobre o que fazer. Quer continuar a desperdiçar essa quantia de dinheiro? Gostava de continuar a gastar uma pequena parte em pequenos-almoços ou lanches, mas de forma controlada? O que pensa sobre investir o resto que poupou, aumentando o seu capital?

É importante definir metas financeiras para poupar. Nem todos os objetivos vão ser iguais, nem os vamos cumprir no mesmo período de tempo. Por exemplo, é diferente poupar para iniciar o seu próprio negócio, ou para fazer uma viagem, ou simplesmente porque quer assegurar financeiramente a educação dos seus filhos.

Em todo o caso, se já determinou qual será a quantia de dinheiro que vai poupar com essas pequenas despesas, pode optar por subscrever um plano de poupança para o futuro. Em função das suas necessidades, escolha o que se adaptar mais ao seu perfil, por exemplo o Plano Poupança Reforma PSN ou o PSN Poupança Flexível. Com qualquer uma destas opções, tem a garantia de que conseguiu transformar um gasto supérfluo numa pequena contribuição para as suas finanças pessoais.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Deixar uma resposta

Gostaríamos de conhecer a sua opinião, mas alertamos que os comentários são moderados e não aparecem imediatamente na página, quando são enviados.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

*

X

Uso de Cookies

Este site utiliza cookies para facilitar e melhorar a sua navegação. Pode configurar o navegador para recusar os cookies. Se continuar a navegar consideramos que consente a sua utilização. Se pretende saber mais sobre os cookies utilizados. Pode consultar a nossa Política de Cookies.