Conselhos para comer (bem) no verão

Conselhos para comer (bem) no verão

Grupo PSN
Grupo PSN

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Tempo livre, menor dedicação à cozinha, dias longos na praia e em esplanadas, últimos minutos passados na piscina… No verão, as atividades alargam-se e, sobretudo, mudam-se os hábitos que mantemos durante o resto do ano.

A rotina perde-se o que, juntamente com o calor que faz com que o apetite diminua, pode resultar numa dieta pouco saudável. E isso é um erro.

Os nutricionistas alertam que durante as férias de verão, os costumes que mantém durante o ano não devem mudar muito. O ideal é manter uma dieta mediterrânica, mais ligeira e fresca, e continuar a desfrutar de comida saudável.

Habitualmente peca-se mais na hora de comer, algo aceitável mas que não deve levar a que se esqueça que também é necessário respeitar uma alimentação equilibrada durante estes meses. Além de se hidratar muito bem – beber regularmente água, batidos ou sumos –, os vegetais têm que continuar a ser incluídos no menu, duas vezes por dia. O calor convida a que sejam confecionados de forma mais ligeira e fresca, por isso são bem-vindos os gaspachos e as saladas.

A isto junta-se a importância de continuar a comer fruta. O melão, a melancia, as ameixas ou as cerejas são os reis da fruta no verão. A variedade é enorme e há que aproveitar a fruta da época.

Mas, igualmente relevante é consumir alimentos básicos como carne, peixe, leite ou cereais. Continuar fiéis a estes para ter uma boa nutrição e evitar ao máximo fritos e excesso de gordura. O melhor é recorrer a cozinhados simples na chapa, a vapor, no forno ou na grelha.

O que evitar no verão?

No verão são muito habituais as refeições pesadas e as sobremesas grandes. E, embora as reuniões com amigos e familiares convidem a isso, não se deve esquecer que a combinação de excesso de álcool e gorduras, que atrasam a digestão, não é nada adequada com um calor cada vez mais acutilante.   

Mas, seja qual for o alimento escolhido, deve estar sempre bem conservado. O frio não se sustenta com tanta facilidade com as temperaturas altas e os alimentos podem estar em mau estado, sem sequer se aperceber. Especial atenção com peixe e carne crus e com os ovos. Conservar o frio é fundamental para evitar doenças posteriores.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Deixar uma resposta

Gostaríamos de conhecer a sua opinião, mas alertamos que os comentários são moderados e não aparecem imediatamente na página, quando são enviados.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

*

X

Uso de Cookies

Este site utiliza cookies para facilitar e melhorar a sua navegação. Pode configurar o navegador para recusar os cookies. Se continuar a navegar consideramos que consente a sua utilização. Se pretende saber mais sobre os cookies utilizados. Pode consultar a nossa Política de Cookies.